Close
Texel

Texel

O que fazer na ilha de Texel na Holanda

Bem-vindo(a) a Texel, nos Países Baixos. Viagem feita do dia 27/04 a 04/05/2019.

Você sabia que os Países Baixos tem ilhas? Sim, elas existem e são pouco conhecidas por turistas de outros países. Nesse post quero te levar comigo para desbravar esse cantinho holandês e provar as delícias locais.

Informações Gerais

Texel é uma ilha conhecida pelos seus queijos de cabra, agricultura e pesca. Além disso, o turismo é um importante fator econômico, mas para os holandeses, ou seja, muitos lugares que visitei não tem informações ou tours em inglês.

Assim, as razões da minha visita na ilha são porque eu moro aqui na Holanda e essa foi uma férias de família (da parte do meu namorado) e achei interessante contar para vocês um dos lugares que os holandeses adoram passear.

Como chegar na ilha?

Para chegar em Texel é preciso pegar uma balsa da companhia Teso na cidade de Den Helder. O trajeto demora aproximadamente 20 minutos e custa por pessoa €2,50 (ida e volta) e crianças até 4 anos não pagam. Porém, se você vai de carro o valor é de €37,00 e esse veículo pode ter até 9 assentos.

País: Países Baixos; Meio de transporte: carro e balsa; Moeda local: euro (€); Idioma: holandês, mas quase todo mundo fala inglês

O que fazer em Texel?

Alugar bicicleta

Essa é uma atividade ‘obrigatória’ não apenas nas ilhas, mas sim em toda a Holanda. Além de o país ser extremamente plano, uma bicicleta vai te proporcionar a sensação local.

Então, alugamos uma bicicleta na loja Fietsverhuur De Koog, que ficava próximo ao nosso local de hospedagem.

Visitar o farol

O farol de Texel fica no norte e para chegar lá eu fui pela costa noroeste da ilha. Contudo, o caminho em si é mais legal que visitar o farol, mas como eu visitei o de Ameland, também queria ver esse.

No interior do farol tem um desenho interessante para entender as partes da Holanda que estão abaixo do nível do mar (clique na foto para ampliar). Como você pode ver abaixo, o ponto mais alto do país é de apenas 322,20 metros e há lugares abaixo do nível do mar, com -6,76 metros.

O valor é de €4,50 por pessoa e grátis para crianças até 4 anos. Para informações de horário de abertura, consulte o site porque ele varia conforme a estação do ano. Por fim, esse é um passeio interessante, mas não recomendados para bebês e crianças muito pequenas porque há muita escada estreita pra subir (118 degraus).

Fábrica de queijo Wezenspyk

Wezenspyk é uma fazenda que há mais de 35 anos produz queijos e em 1983 a variedade dos produtos aumentaram com o famosos queijos de cabra Texel, assim como os de ovelha.

O valor é de €5,50 por pessoa e €2,25 para crianças de 4 a 10 anos e para mais informações acesse o link oficial.

A visita é guiada e você aprende todo o processo da produção de queijo, prova diferentes tipos na degustação, visita os animais na parte externa da fazenda e, no final, você tem acesso ao museu local.

Guia apenas no idioma holandês

Eu achei um passeio bem legal para conhecer a cultura local da ilha e para crianças é interessante principalmente pela visita aos animais.

Animais da fazenda
Atenção: o tour é feito apenas em holandês, então, se você não fala esse idioma, eu recomento que você visite a loja da fazenda e compre algum produto para provar.

Fábrica de cerveja Texels

A cerveja Texels Skuumkoppe é uma das minhas cervejas favoritas e eu fiquei muito animada quando soube que ia visitar essa ilha. O valor é de €19,00 por pessoa e na entrada você recebe um café ou chá, um copo oficial e um abridor de garrafas.

Infelizmente, a visita pela fábrica Texels, assim como o passeio anterior, é apenas em holandês e o tour começa com um vídeo da história da marca.

Guia apenas no idioma holandês

Depois seguimos para o interior da fábrica e o guia ensina todo o processo de produção e sobre as máquinas que fazem o fechamento das garrafas. Por fim, há degustação de 4 tipos da marca e mais meio copo de outro tipo que você pode escolher (essa última não está na foto abaixo).

Degustação

Eu gostei bastante da visita e não recomendo levar crianças porque custa €6,00 e não acho nada interessante para elas.

Museu Kaap Skil

O Museu Kaap Skil conta as histórias marítimas da ilha de Texel, dos naufrágios e os relatos de pescadores e marinheiros. Assim, entre os séculos XV e XIX, a ilha foi a ligação para o transporte internacional, pois aqui os navios eram carregados de suprimentos e esperavam o momento certo para partir alto mar.

Na foto abaixo é possível ver uma maquete que representa todo esse ambiente marítimo na época do auge da famosa VOC, a Companhia Holandesa das Índias Orientais e é também por isso que a minha visita nesse lugar estava planejada, eu acho muito interessante essa parte da história porque foi essa empresa holandesa que teve papel fundamental no transporte do comércio de escravos da África para o Brasil.

Outra parte do museu bem interessante é um barracão grande que está lotado com os “achados da praia“, pois muitos naufrágios ocorreram por ali devido ao mau tempo. Dessa forma, eu fiquei impressionada com a quantidade de coisas recolhidas das praias de Texel reunidas em um só local.

Por fim, a parte externa é surpreendente porque você tem uma sensação real de como era a vida em Texel no início do século XX. Nas fotos abaixo, a primeira representa o moinho, a segunda o interior de uma casa e a última o ambiente de trabalho.

Moinho holandês
Interior de uma casa da época
Ambiente de trabalho em Texel do começo século XX

A ótima notícia é que as informações dentro do museu estão também em inglês e tudo muito interativo para crianças. Os preços são de €9,25 para adultos e €6,40 para crianças de 4 a 14 anos.

Provar cervejas produzidas na ilha

A minha última dica é provar as cervejas de Texel. Assim, depois de conhecer o farol de Texel, a próxima parada com a bicicleta foi a cidadezinha de Oosterend para provar a Brouwerij TX  e a Tesselaar no bar Het Cafeetje.

Esquerda: Brouwerij TX, sabor encorpado. Direita: Tesselaar, cerveja mais leve.

Se você tem alguma dúvida ou já visitou esses lugares por favor deixe nos comentários. Marque #depira na suas fotos do Instagram para que eu possa vê-las 🙂

Eu vejo você na próxima aventura!
Natalia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.