Close
Terschelling

Terschelling

O que fazer na ilha de Terschelling na Holanda

Terschelling

Bem-vindo(a) a Terschelling, nos Países Baixos. Viagem feita do dia 04 a 07/09/2020.

Com certeza, o ano de 2020 não foi de viagens e eu não sai da Holanda por causa da pandemia. Porém, no meio do ano o número de contágios diminuíram e eu consegui fazer uma passeio na ilha de Terschelling antes do segundo lockdown.

Assim, quero compartilhar com você os lindos lugares que visitei e te mostrar onde comer as delícias que só podem ser encontradas nesse lugar! Além disso, você pode conferir aqui no blog também as outras ilhas holandesas Texel e Ameland.

Informações Gerais

País: Países Baixos; Meio de transporte: carro e balsa; Moeda local: euro (€); Idioma: holandês, mas quase todo mundo fala inglês

Como chegar na ilha?

Para chegar em Terschelling, é necessário pegar uma balsa na cidade de Harlingen. Assim, até essa cidade eu fui com carro emprestado da minha sogra e passei pela estrada E22 (foto abaixo).

Afsluitdijk

Contudo, você deve estar se perguntando: mas o que tem de especial nessa estrada?

Na verdade a E22 é um dique gigante, chamado Afsluitdijk, de 32 quilômetros de comprimento que conecta a Holanda do Norte com a província de Friesland. Desse modo, observando a foto acima, o lado esquerdo é o lago IJsselmeer e o direito é o mar de Wadden.

Essa foto foi tirada de uma ponte peatonal sobre a estrada, que fica no monumento Vlieter, onde há estacionamento para carros e também um café. Aliás, foi exatamente nesse ponto que o dique foi fechado em 1932, após o início das obras em 1927.

Logo depois, em 1933, o dique foi aberto para o tráfego rodoviário, consagrando os Países Baixos por realizar um dos maiores feitos da engenharia civil utilizando métodos simples numa época que não havia computadores.

Enfim, na cidade de Harlingen, o carro ficou no estacionamento do próprio porto e o valor para 3 noites e 4 dias foi de €28,00.

Posteriormente, a balsa saiu as 19:55 e o valor de ida e volta foi de €27,65 por pessoa. No entanto, não deixe de conferir a página da companhia Rederij Doeksen porque a tarifa muda devido a idade do passageiro e temporada.

Balsa da companhia Rederij Doeksen

Hospedagem em Terschelling

As opções de hospedagem em Terschelling são hotéis ou apartamentos e eu escolhi ficar no Landal Green Park, posto isso, eu vou pedir que você acesse a página oficial para conferir os preços que variam muito dependendo da temporada.

A localização era perfeita, na cidade de West-Terschelling, porém a limpeza deixou muito a desejar. Apesar de os banheiros e a cozinha estarem limpos, havia muita poeira no chão e móveis do apartamento, além das inúmeras aranhas de teto que parecem que nunca foram tiradas.

O que fazer em Terschelling?

Há inúmeros passeios que você pode fazer na ilha de Terschelling, por isso eu recomento o site VVV para pesquisar aquilo que você mais gosta. Além disso, ao chegar na ilha é possível tirar dúvidas nesse ponto de informação turística que fica na cidade West-Terschelling.

Ponto de informação turística VVV na cidade de West-Terschelling

Alugar bicicleta

Eu recomendo a empresa Zeelen para o aluguel de bicicleta porque o serviço deles foi muito bom. Como eu cheguei na ilha sexta-feira à noite, então aluguei a bicicleta a partir de sábado e de manhã a chave já estava na recepção e ela no estacionamento da foto abaixo.

Bicicleta elétrica para 2 pessoas, aluguel de €25,00 por dia

Todavia, eu sugiro fortemente para o aluguel de uma bike elétrica porque pode ventar muito na ilha e tornar seu passeio bem difícil. Eu vi  muitas pessoas sofrendo pelo caminho, visto que, o vento estava muito forte nesse dia.

Pedalar pela ilha

Com um mapa na mão, a criatividade é livre para escolher o percurso. Desse modo, vou mostrar abaixo algumas paradas pelo caminho que diz em dois dias de passeio de bicicleta pela ilha de Terschelling.

Iniciando o passeio de bike

Ainda na cidade de West-Terschelling, está o Monumento aos marinheiros que morreram em alto mar, por isso, a estátua representa uma mulher olhando para o mar que espera o retorno de seu marido ou filho marinheiro.

Monumento aos marinheiros (Zeeliedenmonument)

As praias do norte da ilha tem uma faixa de areia bem larga e perfeitas para quem quer fazer uma caminhada. Eu acabei fazendo uma parada no vilarejo West aan Zee e fui em direção à praia para fazer a foto abaixo.

Parada na praia do vilarejo West aan Zee
Dunas de outra praia ao norte da ilha

Nesse mesmo povoado de West aan Zee está o Badhuiskuil, que é um espaço de dunas molhadas com testes para o desenvolvimento da natureza na Holanda. Segundo o naturalista Victor Westhoff, a variedade e a riqueza da natureza depende em parte da administração humana.

Nesse local, ele encontrou muitas plantas de espécies raras, porém, no final dos anos 80 elas desapareceram pela proliferação de outras plantas que se desenvolviam mais rápido e ofuscaram as plantas raras.

Assim, em 1989, a organização governamental holandesa para silvicultura e gestão de reservas naturais (Staatsbosbeheer) seguiu as ideias de Victor Westhoff e escavou o local até a camada de areia limpa. Felizmente, dez anos depois as mesmas plantas raras foram encontradas novamente no local.

Badhuiskuil

Comer na ‘Bessenschuur’

Sem dúvidas a melhor parada para comer foi na Bessenschuur, uma casa de café de mais de 85 anos onde são vendidos vários tipos de torta de cranberry.

Aliás, em Terschelling você vai encontrar muitos produtos alimentícios de cranberry, pois é uma fruta historicamente típica da ilha, além de ser rica em vitamina C e antioxidantes.

Essa história conta que em 1845 um barril foi encontrado por um catador na praia e ele pensava que estava cheio de vinho. Porém, quando ele abriu viu essas frutinhas vermelhas e acabou abandonando o barril nas dunas. Finalmente, em 1868, o botânico Franciscus Holkema encontrou as plantas de cranberry que se semearam pela região.
Bessenschuur

Na foto abaixo, à esquerda, você pode conferir a ‘torta de cranberry com nozes’ (€3,95) e à direita a torta de maça com cranberry’ (3,95). Não posso escolher a melhor porque ambas estavam deliciosas.

Tortas na Bessenschuur

Por fim, nessa última foto você pode conferir todos os preços da Bessenschuur e para isso, basta clicar na foto para ampliar.

Clique na foto para ampliar

Provar produtos locais

Como eu disse anteriormente, a fruta cranberry é muito presente na ilha. Por esse motivo, na loja Wuxalia, eu comprei um licor de cranberry (€8,05), bem suave e docinho; e uma geleia de cranberry (€4,27), achei uma delicia.

Licor e geleia de cranberry

Outro produto é a cerveja local Scelling que comprei no supermercado Spar no centro de West-Terschelling. Eu gostei bastante e você também pode encontrá-las nos bares e restaurantes da ilha.

Cervejas de Terschelling

Se você tem alguma dúvida ou já visitou esses lugares por favor deixe nos comentários. Marque #depira na suas fotos do Instagram para que eu possa vê-las 🙂

Eu vejo você na próxima aventura!
Natalia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.