Florença

Minhas melhores dicas de Florença

Ponte Vecchio, de 1345 e um dos símbolos de Florença.
É ocupada por joalheiros e ourives desde o século XVI

A minha primeira vez na Itália foi em julho de 2013, uma viagem muito divertida com minha amiga Suelen (um beijo Su) e em outubro de 2016 tive outra oportunidade de visitar novamente o país!

Nessa segunda vez em Florença gostei de relembrar alguns lugares, verificar algumas curiosidades e tentar provar uma comida diferente! Eu contarei aqui nessa postagem e espero que você goste 🙂

Um pouco da história de Florença

É quase impossível ir à Itália e não se lembrar das aulas de história, do Império Romano, do Renascimento, etc. E se você, assim como eu, adora esse assunto, com certeza será um prato cheio visitar esse país.
Florença é a capital da Toscana; já foi o centro do mundo no século XV e ainda foi o berço do Renascimento! É muita riqueza cultural para uma só região! Entre 1500 e 1600 nasceu o Renascimento que foi o movimento que influenciou toda a Europa e foi caracterizado pelo humanismo nas arte e pelo desenvolvimento da burguesia na economia, com uma visão científica, crítica e filosófica do mundo.
Os gênios daquela época foram financiados pela família Médici, nomes conhecidos como Dante, da Vinci, Michelangelo, Donatello, Botticelli, Maquiavel, Brunelleschi. A cidade assim floresceu com investimentos em artes plásticas, arquitetura, pontes, palácios e igrejas.

Meu lugar favorito, Piazzale Michelangelo

Eu visitei a Piazzale Michelangelo a primeira vez que estive em Florença e retornei na segunda vez! A vista da cidade é linda e ao entardecer ela fica cheia com pessoas para o pôr-do-sol.

Vista desde Piazzale Michelangelo A cara saiu feia pela luz forte do sol haha
Foto de 2013 com o pôr-do-sol!

David de Michelangelo

Com certeza a estátua que mais me lembra os livros de história é o David de Michelangelo! Um pequeno parêntese aqui, mas acho fundamental essa informação: Michelangelo e da Vinci foram conterrâneos, porém rivais! Aqui você pode encontrar mais curiosidade dessa desavença entre os dois.
Bom, continuando com o David de Michelangelo, você pode visitá-lo de 2 maneiras! A estátua original está na Galleria della Accademia (foto abaixo). A entrada custa €8, 00 e está aberto de terça à domingo das 8:15 até às 18:50, porém você pode comprar o ticket até às 18:20. Cuidado se você tem pouco tempo em Florença porque esse lugar está quase sempre com muita fila.

Galleria della Academia – detalhe da fila

A outra maneira de ver o David é visitando a sua réplica na Piazza della Signoria, exatamente no lugar onde estava a original até 1873 até ser transferida para a Galeria. Outras estátuas originais belíssimas também estão na Piazza della Signoria que é praticamento um museu a céu aberto. Entre elas estão O Perseu de Cellini, segurando a cabeça da Medusa, uma escultura de bronze de 1554; Netuno de bartolomeo Ammannati, que representa as vitórias navais da toscana; a estátua de Hércules e Caco esculpida por Baccio Bandinelli, que retrata um dos episódios dos “Doze Trabalhos de Hércules” quando ele vence a maldade de Caco; entre outras.

David, a réplica O Perseu*
Netuno Hércules e Caco, ao lado de David**

*Atras da estátua de O Perseu se localiza um edifício aberto com uma série de belas estátuas de imperadores romanos
** O  edifício atrás das estátuas de David e Hécules e Caco é o Palácio Vecchio, onde funciona a prefeitura de Florença.

Curiosidades de Florença

O dia 4 de novembro é uma data de uma lembrança triste para os cidadãos de Florença. Em 1966 houve uma grande enchente provocada pelas chuvas que não paravam há uma semana e o transbordamento do Rio Arno. A cidade ficou coberta de água e lama, pontes submersas, sem linhas telefônicas e elétricas. Aconteceram saques e epidemias se espalharam entre os moradores. Cerca de 1500 obras de artes foram perdidas ou danificadas.
Hoje em algumas ruas de Florença é possível ver placas de mármore indicando a altura que o rio subiu em diferentes áreas da cidade. A seguinte frase na placa diz:“il 4 novembre di 1966 l’acqua dell’arno arrivó qui”, ou seja, no dia 4 de novembro de 1966 a água do rio Arno chegou até aqui. Nessa página você pode ver fotos incríveis dessa tragédia.

Placa de Mármore (clique na foto)

Outra curiosidade é sobre a Cattedrale di Santa Maria del Fiori, na piazza del Duomo! Esse local é cartão postal de Florença e sempre está cheia de turistas e guias com grupos! Se você for visitar a Cattedrale em seu interior é proibido entrar de saia, bermuda ou roupa decotada!
Em 1601 um raio atingiu a lanterna na parte superior da cúpula da Cattedralle. Sobre essa lanterna estava uma grande esfera de bronze e esse raio a derrubou! No local onde essa esfera caiu (mais ou menos atrás da entrada principal) há um disco de mármore no chão para marcar e lembrar o acontecimento. Dois anos depois foi colocada outra esfera no lugar da antiga. Aqui você encontra um pouco mais da história desse local e sua importância, assim como belas fotos.

Cattedrale di Santa Maria del Fiori Disco de mármore

Cafés bons e baratos: Biblioteca delle Oblate e Livraria RED

Em Florença meus 2 lugares favoritos para tomar café foram uma livraria chamada Red e a cafeteria da Biblioteca delle Oblate.
Esses cafés são mais baratos porque ficam fora de praças centrais onde está cheio de turistas! Eu sempre evito esses lugares porque o café é super caro e buscando outras opções vocês encontra lugares da cidade que outros turistas não vão 🙂
O endereço da Red Firenze é Piazza della Repubblica, 26/27/28/29, 50123 Firenze, Itália. O preço do café expresso era €1,00 e também tinha a opção americano, cappuccino, entre outros. A Caffetteria delle Oblate fica na rua Via dell’ Oriuolo, 26, 50122 Firenze, Itália e na página oficial deles você pode ver algumas fotos! O expresso custa €1,10 e o cappuccino €1,20.

Livraria RED Café bom e barato
Caffetteria delle Oblate, aqui é só seguir
as placas “Caffetteria”
E ainda tem uma vista top!

O dia que não gostei da culinária italiana

Eu, Natalia, quando visito um país apenas como comida típica daquele país, então se eu estava na Itália a lógica é comer apenas comida italiana. Seguindo a sequência e pensando em Itália, a barriga começa a pedir comidas como pizza, pasta, gelato…
Até que vi que em Florença existe um prato típico chamado Trippa alla Fiorentina, que é nada mais que o estômago da vaca. E eu muito inocente busquei um restaurante que fazia esse prato (vou deixar aqui o link para mais informações do restaurante) e fui jantar lá.
Não deu, não deu, não deu! Infelizmente consegui dar duas garfadas e depois não desceu mais. Bom, es lo que hay (é o que tem)! Valeu a experiência hahaha
Li em alguns lugares que lembra a nossa “dobradinha”, mas que na culinária florentina cozinha-se com molho de tomate e temperos da Toscana. Outra opção para comer a Trippa é no sanduíche. Vou deixar aqui a página de um blog, onde a pessoa escreve os lugares que você pode encontrá-lo. Aqui também vou deixar também uma página que fala mais sobre os pratos toscanos. Tem um que se chama Bistecca alla Fiorentina e na minha opinião esse sim que vale a pena hahahaha

Entrada do restaurante Trippa alla Fiorentina

Hospedagem em Florença

Eu usei o Airbnb mais vez em minhas viagens ! Deixo aqui a página do lugar para você verificar disponibilidade e preço! Era um quarto simples com banho compartilhado super perto do centro! Eu gostei muito 🙂

Em Florença tem muito mais para ver, aqui deixei apenas algumas curiosidades e coisas que me chamaram a atenção na segunda visita que fiz a cidade! Sempre é bom pesquisar bastante antes de ir pra qualquer destino!
Por favor, qualquer dica ou dúvida deixe nos comentários!
Vejo você na próxima aventura!
Natalia

8 responses to “Florença”

  1. Suelen Cristina Girotto says:

    Florença é demaaaais!!! Voltaria pra lá fácil! Ficou muito bom teu texto e as dicas são ótimas! Saudades dessa trip pra Europa amiga 🙂

  2. Ainda não conheço a Itália, e depois desse posto fico ainda mais animada p conhecer.
    Não sabia de tantas curiosidades sobre Florença!
    Adorei as dicas do café, e adorei que vc provou a tripa de vaca, kkkkkkkkkkk.
    Amei!

  3. Vitoria Aquino says:

    Oi Naty!
    Adorei a cara nova do site, nao tinha conferido ainda.
    E realmente Firenze eh um lugar que merece mais de uma visita. Ja deu vontade de voltar!

  4. galia says:

    Genial descripción de nuevo Natalia!! Con todas estas pistas tengo muchísimas ganas de volver a Florencia. Me encanta

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *